SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Escola do DF promove excursão sobre 2ª Guerra Mundial na Europa

Alunos de ensino médio vão visitar 6 países no total, sedes de fatos históricos marcantes da segunda metade do século 20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/07/2015 18:32 / atualizado em 02/07/2015 18:48

Arquivo pessoal
 Na próxima segunda-feira (6), um grupo de 25 alunos do ensino médio do Centro Educacional Sigma irá iniciar uma excursão escolar de 18 dias pela Europa. Denominado Viagem da Segunda Guerra Mundial, o projeto didático, realizado em conjunto com o Instituto Bicho da Terra, foi concebido pela cadeira de história do colégio em homenagem ao 70º aniversário do fim da conflagração, comemorado este ano.

O objetivo é relembrar fatos da 2ª Guerra Mundial e aproximar os estudantes da vivência da época e dos locais que marcaram o período, despertando novos interesses no assunto e enriquecendo a interpretação dessa realidade temporal e geográfica. "Quero sentir o que foi, presenciar a história real que foi muito trágica. É uma oportunidade única", disse o aluno do 2º ano Pedro Victor Garcia, 16 anos. "Queremos levá-los a Auschwitz, levá-los para ver submarinos, embarcar em uma jornada histórica no tempo e espaço e assim aproximá-los do assunto", explicou o professor de história José Augusto Brandão;

O roteiro traçado por Brandão e pela professora Carmen Mônica, que serão também os guias durante a viagem, remonta à rota realizada pelas tropas aliadas, partindo de Londres numa balsa até a França e seguindo de ônibus por cidades-chave como Caen e Paris.

Na primeira cidade, haverá visita à praia da Normandia, onde o exército desembarcou no Dia D, e, na segunda, ocorrerá um passeio aos pontos turísticos tradicionais, como a Torre Eiffel e o Arco do Triunfo.

O passeio continuará de avião até Hamburgo - cidade que foi usada como base pelos submarinos da Marinha Alemã e que terá esse aspecto estudado no Museu do Centro de Armas Químicas - e seguirá até Berlim, capital de grande importância histórica tanto por seu acervo memorial do holocausto quanto por ter sido palco do pós-guerra durante a Guerra Fria. Ocorrerão ainda uma visita ao Palácio de Potsdam e uma rápida passagem por Dresden, finalizando a primeira parte da viagem.

A partir de Praga, o enfoque passa do lado ocidental para o lado soviético, pelo qual a antiga Checoslováquia foi dominada a partir de 1945. Os destinos seguintes são o campo de Auschwitz e a fábrica de Schindler, na Cracóvia, antiga capital do governo geral nazista. Para o estudante de 3º ano Gustavo Lôpo, 16 anos, essa é a parte mais esperada do passeio. "O local que mais quero conhecer é o campo de concentração de Auschwitz. Estou bem ansioso pela viagem porque ela vai ocupar as quase as férias inteiras. Acho que vai ser bem legal", afirmou.

A excursão se estende ainda a Milão - onde ocorreu a batalha de Monte Castelo, que sintetizou a participação do exército brasileiro na Guerra - e termina resgatando as origens do conflito em Roma. "Quis fazer a viagem porque acho um conteúdo muito interessante, e em sala de aula a gente só decora as coisas. As aulas do professor José aumentaram muito minha curiosidade", disse a estudante do 2º ano Brenda Souza, 16 anos.

As aulas ministradas durante os 18 dias serão rápidas, lúdicas e sempre exemplificadas com filmes sobre os temas, como O Resgate do Soldado Ryan e A Lista de Schindler, ambos de Steven Spilberg. Ao fim da viagem, os alunos devem entregar um vídeo com imagens do passeio e de arquivo da época, abordando algum dos temas trabalhados.

publicidade

publicidade