SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Nota oficial

Ministro esclarece citação em delação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/03/2016 21:09

Portal MEC

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse, durante coletiva de imprensa nesta terça-feira, que não tentou impedir o processo de delação premiada do senador Delcídio. Mercadante afirmou que trechos do diálogo com um assessor do parlamentar foram omitidos.

 

“Está em 12 minutos e 15 segundos: ‘tem que construir uma saída viável para ele sair de lá. Se ele está ameaçando a delação, mesmo que ele queira fazer, eu não vou entrar nisso. A decisão é dele’. Aí eu pergunto por que isso não foi transcrito?”, argumentou o ministro.

 

O encontro com o assessor José Eduardo Marzagão, em dezembro do ano passado, foi uma iniciativa de caráter eminentemente pessoal e política de solidariedade, especialmente em relação à família de Delcídio, que foi alvo de uma ampla exposição na internet após a sua prisão.

 

Mercadante também ressalta que não houve contato com ministros do Supremo Tribunal Federal. “Jamais falei com qualquer ministro do Supremo sobre esse assunto ou qualquer outro assunto ligado a essa questão das investigações”. O ministro, inclusive, já se colocou imediatamente à disposição da Procuradoria-Geral da República (PGR), do STF e do Congresso Nacional para prestar todos os esclarecimentos necessários.

 

Confira, na íntegra,  nota oficial do ministro Aloizio Mercadante.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade

publicidade