SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

CIÊNCIA

Sete brasileiras ganham R$ 50 mil para desenvolver pesquisas cientiíficas

Física, química, matemática, ciências da saúde e biológicas são as áreas em que atuam. A cerimônia de premiação ocorre em 20 de outubro no Museu do Amanhã no Rio de Janeiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/08/2016 19:32

O prêmio L’Oréal Brasil-Unesco-ABC Para Mulheres na Ciência divulgou nesta segunda-feira (1º) as sete vencedoras do programa voltado às cientistas. O concurso foi realizado em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil e com a Academia Brasileira de Ciências (ABC). Cada cientista receberá uma bolsa-auxílio de R$ 50 mil para continuar suas pesquisas.

As vencedoras são de quatro regiões do país. A física Ana Chies Santos e a matemática Adriana Neumann de Oliveira atuam na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e são da região Sul, como Gabriela Trevisan, da Universidade Federal de Santa Maria. Da região sudeste, Claudia Kimie Suemoto e Denise Morais da Fonseca, pesquisadoras da Universidade de São Paulo. Fernanda de Pinho Werneck atua no Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, ela é a única representante do Norte. A professora de química Elisama Vieira Santos, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte representa o nordeste.

As pesquisas realizadas pelas cientistas concentram-se nas áreas de física, química, matemática, ciências da saúde e ciências da vida. Os trabalhos oferecem novas soluções a questões vitais de saúde do corpo humano, formação estelar do Universo e mudanças climáticas.

O prêmio
Fundado em 1998, o programa foi criado para dar espaço às mulheres cientistas ao redor do mundo. No Brasil, o prêmio completa 10 anos e tem como objetivo equilibrar os gêneros no cenário científico nacional, motivando a expansão da ciência no país. Todos os anos, sete jovens pesquisadoras de diversas áreas são contempladas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade

publicidade