Oferecido por

Faltam

Calma e organização são as principais dicas para evitar a malha fina

Ter em mãos documentos e comprovantes facilita na hora de preencher a declaração

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/03/2015 07:32 / atualizado em 28/03/2015 18:41

Nívea Ribeiro / , Alessandra Azevedo

Até a última quinta, 26 de março, 5,3 milhões de contribuintes já haviam enfrentado o Leão — do total de 27,5 milhões que a Receita Federal espera que prestem contas até o último dia de abril. Em 2015, são obrigados a fazer a declaração do Imposto de Renda os contribuintes que tiveram rendimentos superiores a R$ 26.816,55 no ano passado; rendimentos isentos superiores a R$ 40 mil, como FGTS, lucro da poupança, heranças e doações; e bens cuja soma seja superior a R$ 300 mil. Os que obtiveram renda rural acima de R$ 134.082,75 ou ganhos de capital em bolsas de valores também devem declarar.

No ano passado, cerca de 1 milhão de contribuintes caíram na temida malha fina, de acordo com o Fisco. Para entregar uma declaração correta e fugir dos problemas, calma e organização são as principais dicas dos especialistas.

“A declaração do Imposto de Renda é nada mais que um ajuste anual de tudo que foi movimentado pela pessoa em 2014. Quem guarda todos os documentos e recibos ao longo do ano em uma pasta, ou até no computador, provavelmente não encontrará dificuldades, seja durante o preenchimento, seja após a entrega”, afirma Antônio Teixeira, consultor tributário da IOB Sage.

Além do número de CPF do declarante — e dos dependentes maiores de 16 anos —, são necessários informes de rendimento salarial e bancários, entregues anualmente por empresas e instituições financeiras; recibos de aluguel, planos de saúde e transações em geral, de compra ou venda de bens e de despesas que possam ajudar o contribuinte a pagar menos imposto, como as com saúde e educação. Ter o arquivo da última declaração salvo no computador também auxilia e agiliza o preenchimento do formulário, já que alguns dados são importados automaticamente.

Declarações
A Receita espera que 27,5 milhões de contribuintes prestem contas neste ano

Restrições
De acordo com o Fisco, cerca de 1 milhão de pessoas caíram na malha fina em 2014

On-line
A Receita estima que cerca de 2 milhões de pessoas possuam certificado digital

Facilidade
No ano passado, segundo dados do Fisco, 30 mil contribuintes usaram a certificação digital para enviar as declarações
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.