SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Jesuítas escolhem o venezuelano Arturo Sosa Abascal como superior da ordem

Formado em Filosofia e com doutorado em Ciências Políticas, Sosa também atuava até agora como delegado para a Cúria e as casas e obras interprovinciais da Companhia de Jesus em Roma

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/10/2016 09:36

France Presse

Cidade do Vaticano, Santa Sé - O venezuelano Arturo Sosa Abascal foi eleito nesta sexta-feira (14/10) Superior Geral dos jesuítas, cargo popularmente conhecido como o "Papa Negro", anunciou a ordem em um comunicado.

"A 36ª Congregação Geral da Companhia de Jesus escolheu o padre Arturo Sosa Abascal, da província da Venezuela, Superior Geral", afirma o comunicado da ordem, à qual também pertence o papa Francisco. Sosa, 67 anos, sucede no cargo o espanhol Adolfo Nicolás, de quem era conselheiro geral e que renunciou ao posto no início de outubro.

Formado em Filosofia e com doutorado em Ciências Políticas, Sosa também atuava até agora como delegado para a Cúria e as casas e obras interprovinciais da Companhia de Jesus em Roma. O novo superior dos jesuítas, que fala espanhol, italiano, inglês e compreende francês, tem uma longa trajetória na docência e pesquisa. Sosa publicou diversas obras, algumas delas sobre história e política venezuelana.

Leia mais notícias em Mundo

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade