SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Primo de Bush perde emprego após saudar declarações ofensivas de Trump

Dez dias depois de o jornal The Washington Post publicar a gravação, a NBC News anunciou que Billy Bush deixará o programa matinal "Today", que co-apresentava havia poucas semanas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/10/2016 22:39

France Presse

Vítima do escândalo provocado pela difusão do áudio de uma conversa com Donald Trump, de 2005, o apresentador de TV Billy Bush, primo do ex-presidente George Bush, perdeu o emprego na segunda-feira (17/10), enquanto o candidato republicano segue na acidentada corrida à Casa Branca.

Dez dias depois de o jornal The Washington Post publicar a gravação, a NBC News anunciou que Billy Bush deixará o programa matinal "Today", que co-apresentava havia poucas semanas.

O apresentador de 45 anos demorou a ascender no grupo NBC até chegar a ser um dos comandantes do programa diário "Access Hollywood", de notícias sobre negócios do mundo do espetáculo.

A gravação de menos de dez minutos, realizada há 11 anos, reduziu a cinzas sua lenta ascensão.

No áudio, Billy Bush saúda os comentários de Trump sobre a forma agressiva de abordar as mulheres que lhe agradam, segurando-as pelos genitais, sem qualquer consequência porque é uma estrela. Em seguida, após os comentários feitos em um ônibus, Billy Bush insiste para que Trump abrace a apresentadora Arianne Zucker, que os estava esperando.

 

Leia mais notícias em Mundo

 

A NBC chegou a um acordo financeiro com o apresentador, que assinou recentemente um novo contrato de três anos com salário anual de 3,5 milhões de dólares, segundo o site especializado em celebridades TMZ.

A defesa de Kit Hoover, sua ex-colega de bancada no "Access Hollywood", que afirmou que Billy Bush sempre a tratou de igual para igual, com respeito e gentileza, não fez efeito.

"Estou muito grato pelas conversas que tive com as minhas filhas e por todo o apoio da minha família, amigos e colegas", declarou Billy Bush em um comunicado. "Espero com impaciência para ver o que o futuro me reserva", emendou.

Contatados pela AFP, a emissora NBC e o advogado de Billy Bush, Marshall Grossmann, não responderam.

Billy Bush é conhecido pela desenvoltura diante das câmeras e pela capacidade de abordar as estrelas como se fosse uma delas, com um talento nato para o diálogo.

Quando o áudio vazou, o apresentador disse que foi um erro de juventude e assegurou que desde então, havia crescido e amadurecido.

Mas segundo o jornal The New York Post, o primo e sobrinho de dois presidentes dos Estados Unidos, George W. Bush e George H. W. Bush, respectivamente, teria se vangloriado junto a equipes do NBC da existência da gravação e de seu conteúdo.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade