Tempestades deixam cinco mortos e um desaparecido no Haiti

"Na cidade de Baie-de-Henne, duas casas situadas perto de um barranco foram arrasadas pelas águas na quinta-feira à noite", disse à AFP José Rethone, responsável da Proteção Civil para o departamento de Noroeste

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/10/2016 19:24


Les Cayes, Haiti
- Cinco pessoas morreram e uma está desaparecida no departamento de Noroeste do Haiti, disse na sexta-feira o órgão de Proteção Civil, enquanto uma depressão tropical atinge as zonas já afetadas pela passagem do furacão Matthew.

"Na cidade de Baie-de-Henne, duas casas situadas perto de um barranco foram arrasadas pelas águas na quinta-feira à noite", disse à AFP José Rethone, responsável da Proteção Civil para o departamento de Noroeste.

"Recuperamos cinco corpos, e uma pessoa que também estava em uma destas casas ainda não foi encontrada", acrescentou.

Leia mais notícias em Política


O Noroeste, muito vulnerável ao mau tempo devido a um grande desmatamento, foi afetado por inundações de vários rios.

As cidades hoje inundadas são aquelas que foram as mais afetadas pelo furacão Matthew há duas semanas, de acordo com a Proteção Civil.

As chuvas torrenciais continuam caindo na península do sul do país, e o centro meteorológico prevê que o tempo não vai melhorar antes de sábado.

A cidade de Les Cayes, a terceira maior do Haiti, situada no litoral sul, é a mais inundada. As pessoas que se aventuram nas ruas sob a tempestade tem de caminhar com a água na altura dos joelhos, constatou um periodista da AFP no local.

Segundo o último balanço oficial, a passagem do furacão Matthew pelo Haiti deixou 546 mortos e 128
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.