SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Embargo dos EUA a Cuba é 'uma estupidez', diz enviado de Hollande

A Assembleia Geral das Nações Unidas considerará na quarta-feira uma resolução proposta por Cuba que condena o embargo econômico que Washington mantém sobre a ilha desde 1962

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/10/2016 17:31

France Presse

O embargo dos Estados Unidos a Cuba é "uma grande injustiça e uma estupidez", disse em Havana Jean-Pierre Bel, enviado pessoal do presidente francês Francois Hollande, na véspera de o tema ser tratado nas Nações Unidas.

"Quero confirmar que nós votaremos pela resolução contra o bloqueio dos Estados Unidos, que é uma grande injustiça e uma estupidez", disse Bel nesta terça-feira ao ser condecorado com a medalha da Amizade na chancelaria cubana.

A Assembleia Geral das Nações Unidas considerará na quarta-feira uma resolução proposta por Cuba que condena o embargo econômico que Washington mantém sobre a ilha desde 1962.

Cuba apresentou essa resolução durante 24 anos. Em 2015 foi aprovada por 191 países e só rejeitada por Estados Unidos e Israel.

 

Leia mais em Mundo

 

O enviado pessoal de Hollande para América Latina e Caribe também disse que a França apoia a derrogação da Posição Comum que a União Europeia (UE) mantém sobre Cuba desde 1996, exigindo mudanças políticas na ilha.

"A França emprega todos os seus esforços para uma atual política entre Cuba na União Europeia para o desaparecimento da Posição Comum que não tem razão de existir” , disse.

Bel fará parte da comitiva oficial do secretário de Estado francês para o Comércio Exterior e Desenvolvimento Turístico, Matthias Felk, que inicia uma visita oficial a Cuba nesta terça-feira.

O vice-chanceler cubano Rogelio Sierra, agradeceu o trabalho de Bel no desenvolvimento das relações entre ambos os países.

"Sua contribuição pessoal às relações de Cuba e a França tem sido notável. Os estreitos laços entre França e Cuba se constituíram em um referente positivo dentro da União Europeia, numa relação mutuamente vantajosa baseada na cooperação e no respeito mútuo", declarou Sierra.

Tags: hollande cuba eua

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade