SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Trump faz apelo de última hora a eleitores: "Não esmoreçam"

Trump quer conquistar votos de última hora em alguns estados-chave, como a Flórida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/11/2016 20:43 / atualizado em 08/11/2016 20:43

MANDEL NGAN

 

O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos fez, nesta terça-feira, um apelo de última hora para que seus eleitores persistam, afirmando que as eleições estão "longe do fim", a poucas horas do fechamento das seções eleitorais na costa leste.

 

Trump quer conquistar votos de última hora em alguns estados-chave, como a Flórida. Sem o chamado "Sunshine State", suas chances de chegar à Casa Branca são mínimas, na melhor das hipóteses.

 

Leia mais em Mundo

 

"Não esmoreçam, continuem saindo para votar - estas eleições estão LONGE DO FIM! Estamos nos saindo bem, mas ainda resta muito tempo. VAMOS, FLÓRIDA!", postou Trump em sua conta no Twitter.

 

 

 

Há alguns dias, o jornal The New York Times reportou que a equipe de campanha de Trump tinha confiscado sua conta no Twitter, uma das armas de campanha favorita do bilionário, para evitar qualquer deslize que pudesse prejudicá-lo.

 

Esta informação provocou piadas dos adversários democratas contra o republicano. Até mesmo o presidente Barack Obama se questionou como seria possível confiar os códigos nucleares a um homem a quem não se pode sequer deixar administrar a própria conta em uma rede social.

 

Fiel à fama de responder precipitadamente, Trump tuitou nesta terça-feira que em Utah foram detectadas fraudes em todo o país. Na verdade, a denúncia referiu-se a apenas um condado do estado do oeste americano. Ele leu rápido demais as informações divulgadas pela CNN e confundiu as palavras 'county' (condado, em inglês) e 'country' (país). 

 

 

Por France Presse 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade