SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

ONU conta com Trump para combater as mudanças climáticas

Descrevendo os Estados Unidos como um "ator essencial em toda a agenda internacional", Ban fez um apelo à continuação do engajamento do país no mundo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/11/2016 14:37


Nações Unidas, Estados Unidos - As Nações Unidas contam com a ajuda do governo de Donald Trump para combater as mudanças climáticas e avançar em matéria de direitos humanos no mundo, disse na quarta-feira o secretário-geral da organização, Ban Ki-moon.

Ban felicitou o presidente eleito dos Estados Unidos pela sua vitória e indicou que os povos do mundo esperam que a nação americana trabalhe para o bem comum.

Trump não esconde seu desrespeito pela ONU, que ele descreveu como ineficaz e um desperdício de dinheiro dos contribuintes, e se comprometeu a retirar os Estados Unidos do acordo de Paris sobre o clima.

Descrevendo os Estados Unidos como um "ator essencial em toda a agenda internacional", Ban fez um apelo à continuação do engajamento do país no mundo.

"As Nações Unidas contarão com a nova administração para fortalecer os laços de cooperação internacional, enquanto lutamos juntos para defender ideais compartilhados, combater as mudanças climáticas, avançar nos direitos humanos", disse Ban a repórteres na sede da ONU.

Leia mais notícias em Mundo


"As pessoas em todos os lugares esperam que os Estados Unidos usem seu poder notável para ajudar a elevar a humanidade e para trabalhar para o bem comum", acrescentou.

Ban defendeu o acordo climático sobre a luta contra o aquecimento global, que entrou em vigor neste mês depois que os Estados Unidos, a China e outros grandes poluidores ratificaram o pacto internacional.

"Os desafios globais de hoje demandam uma ação global conjunta e soluções conjuntas", disse.

Trump, que não tem experiência em governar, já expressou sua desconfiança em relação a organizações internacionais como as Nações Unidas e a OTAN.

"Onde você vê as Nações Unidas?" questionou Trump em uma entrevista ao The New York Times em abril.

"Eles alguma vez resolvem alguma coisa? É como um jogo político, as Nações Unidas - quero dizer, o dinheiro que gastamos com as Nações Unidas", acrescentou.

Os Estados Unidos são o maior contribuinte para as operações de paz da ONU, fornecendo cerca de 29% do orçamento de quase US$ 8 bilhões para as missões da organização ao redor do mundo.

O secretário-geral da ONU também expressou sua "profunda apreciação" à candidata derrotada Hillary Clinton, dizendo que ela era um "símbolo global poderoso do empoderamento das mulheres".

Ban elogiou seu "compromisso da vida inteira com a paz, o avanço das mulheres e o bem-estar das crianças".

Por France Presse

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade