SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Regime sírio freia avanços rebeldes para romper cerco a Aleppo

Os grupos rebeldes, que controlam os bairros da zona leste de Aleppo sitiados pelo regime, lançaram em 28 de outubro uma ofensiva para romper o cerco e e conseguiram conquistar vários setores da cidade do norte da Síria

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/11/2016 09:51

France Presse

Beirute, Líbano -As forças governamentais sírias retomaram todos os setores conquistados recentemente pelos rebeldes na zona oeste de Aleppo, freando suas tentativas de romper o cerco do regime, informou neste sábado o Observatório Sírio para Direitos Humanos (OSDH).

Os grupos rebeldes, que controlam os bairros da zona leste de Aleppo sitiados pelo regime, lançaram em 28 de outubro uma ofensiva para romper o cerco e e conseguiram conquistar vários setores da cidade do norte da Síria.

Segundo o OSDH, o exército retomou setores estratégicos como o bairro de Dahiyet al Asad (oeste) e o povoado de Minian, na periferia da localidade.

Essas reconquistas anulam todos os avanços conseguidos pelos combatentes da oposição, incluindo a Frente Fateh al Sham, ex-facção síria da Al-Qaeda.

As tropas governamentais cercaram o leste de Aleppo em agosto, cortando assim a última linha de fornecimento para os bairros da oposição, onde escasseiam porodutos como comida e combustível.

Segundo o OSDH, mais de 450 combatentes - 215 rebeldes e 143 soldados do regime - e civis morreram na última vez que tentaram romper o cerco.

Cerca de cem civis, entre quase 30 crianças, morreram nos bombardeios, principalmente nos bairros controlados pelor regime.

Por France Presse

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade