SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Mulher encontra rato costurado dentro de vestido recém-comprado

"Eu vi a perninha que saía da costura que eu tinha tocado e isso era realmente horripilante. Eu congelei. Fiquei paralisada de medo", relatou Cailey Fiesel, de 24 anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/11/2016 16:25 / atualizado em 15/11/2016 16:26

Fernando Jordão - Especial para o Correio /

Reprodução/Facebook
 
 
Uma jovem norte-americana decidiu processar a loja de roupas e acessórios Zara, após encontrar um rato costurado no interior de um vestido comprado em uma unidade da marca. O caso aconteceu na vila de Greenwich, no estado de Connecticut.

Cailey Fiesel, de 24 anos, teria comprado o vestido em julho. Ela relata que, no início, não observou nenhum problema. Certo dia, porém, enquanto estava no trabalho, a jovem começou a sentir um "cheiro perturbador". Depois, sentiu "uma coisa incomodando sua perna". Quando foi ver do que se tratava, encontrou a pata do rato costurada. 
 
 
"Eu vi a perninha que saía da costura que eu tinha tocado e isso era realmente horripilante. Eu congelei. Fiquei paralisada de medo", relatou Cailey ao jornal norte-americano New York Post. "Eu [corri para o banheiro e] troquei imediatamente de roupa. Graças a Deus eu tinha outra para trocar", completa.

Após o episódio, além dos danos morais, a jovem também apresentou erupções cutâneas, que seriam causadas por uma alergia a ratos. Ao NYPost, um porta-voz da Zara disse que a empresa está ciente do ocorrido e investiga o caso. "A Zara EUA tem rigorosos padrões de saúde e segurança e nos comprometemos a garantir que todos os nossos produtos atendam a esses requisitos rigorosos", informou.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Jussara
Jussara - 16 de Novembro às 09:19
só de ler já arrepiei... credo!

publicidade