SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Oposição argentina denuncia Macri na Justiça por política cambial

Os deputados da kirchnerista Frente para la Victoria (FpV), denunciaram Macri pelo mesmo delito que levou o juiz Claudio Bonadio a acusar Cristina Kirchner (2007-2015)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/11/2016 22:27

A oposição política ao presidente da Argentina, Mauricio Macri, o denunciou nesta quinta-feira penalmente por uma decisão de política cambial, em uma espécie de 'pingue-pongue' judicial após uma acusação parecida contra a ex-presidente Cristina Kirchner.

Os deputados da kirchnerista Frente para la Victoria (FpV), denunciaram Macri, o ministro da Economia, Alfonso Prat Gay, e o presidente do Banco Central (BCRA), Federico Sturzenegger, pelo mesmo delito que levou o juiz Claudio Bonadio a acusar Cristina Kirchner (2007-2015), o ex-ministro de Economia Axel Kicillof e o ex-titular do BCRA, Alejandro Vanoli.
 
 
Segundo os opositores, Macri e as principais figuras do gabinete econômico, no poder desde 10 de dezembro do ano passado, "implementaram e continuam implementando, de maneira sistemática, concertada e organizada, diversas ações que violariam as regras do BCRA a fim de manter o preço do dólar em um valor inferior ao preço de mercado".

Desta maneira, segundo a denúncia, "provocaram enormes prejuízos econômicos ao estado nacional" por ter liberalizado o dólar - que estava sob controle - e gerando, com isso, uma desvalorização acima de 30%.
 
Por France-Presse 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade