SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Terremoto de 6,4 de magnitude atinge Argentina e Chile

O tremor teve seu epicentro 19 km a sudoeste da cidade de San Juan e 139 km ao norte de Mendoza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/11/2016 20:58 / atualizado em 20/11/2016 21:50

Buenos Aires - Um terremoto de 6,4 graus na escala Richter foi registrado neste domingo na província argentina de San Juan (oeste) e atingiu o norte e centro do Chile, sem relato de vítimas até o momento, informou o Instituto Nacional de Prevenção Sismográfica (Inpres).

O Inpres da Argentina disse que a magnitude do terremoto foi de 6,4, enquanto o Escritório Nacional de Emergência (ONEMI) do Chile havia indicado 6,5 graus na escala Richter. O terremoto ocorreu às 17h57 local (18h57 de Brasília) e a 130 km de profundidade, de acordo com o Inpres.

O terremoto teve seu epicentro 19 km a sudoeste da cidade de San Juan e 139 km ao norte de Mendoza, duas grandes capitais provinciais da região oeste da Argentina. Ele também foi sentido nas regiões chilenas de Atacama, Coquimbo, Valparaíso e Metropolitana 0'Higgins, incluindo Santiago.

Após o primeiro tremor, foram registrados em San Juan outros três tremores de magnitude menor (3,7; 3,0 e 4 graus na escala Richter), de acordo com o Inpres.

Os telefones celulares e fixos pararam de funcionar por 30 minutos na cidade de San Juan e alguns deslizamentos foram reportados.

No Chile, o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha (SHOA) descartou o risco de tsunami na costa do país.

Por France Presse

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade