SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Trump nega que seu assessor estratégico seja racista

"Se eu achasse que ele é um racista ou um 'alt-right' (como se denomina a extrema-direita americana), ou o termo que quisermos utilizar, eu não teria pensado em contratá-lo", disse Trump

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2016 17:01 / atualizado em 22/11/2016 19:01

ANDEL NGAN

Washington, Estados Unidos - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, negou nesta terça-feira que seu recém-nomeado assessor de assuntos estratégicos, Steve Bannon, seja um extremista de direita e um racista, em meio à polêmica causada por sua nomeação.

Leia mais notícias em Mundo


"Se eu achasse que ele é um racista ou um 'alt-right' (como se denomina a extrema-direita americana), ou o termo que quisermos utilizar, eu não teria pensado em contratá-lo", disse Trump a um painel formado por jornalistas do jornal The New York Times.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade