SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Parlamento Europeu põe fim a limites de tempo para pesca do bacalhau

"Os pescadores não terão mais nenhum obstáculo para desembarcar todas as suas presas, dado que já não estarão submetidos a limites de tempo", explica o Parlamento em um comunicado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2016 19:20


Estrasburgo, França
- O Parlamento Europeu decidiu nesta terça-feira por fim aos limites de tempo por zona de pesca que impunha aos bacalhoeiros que pescam no mar do Norte.  

Esta medida, que será aplicada a partir de 1º de janeiro de 2017, foi aprovada em troca da aplicação total da proibição de devolver ao mar os peixes que não podem ser vendidos.

O texto aprovado suprime o limite de dias que um barco pode passar em uma zona de pesca, modificando o regulamento que estabelece um plano de gestão a longo prazo para as reservas de bacalhau no Skagerrak, no Kattegat, no mar do Norte e no canal da Mancha oriental, no mar da Irlanda e a oeste da Escócia.

Leia mais notícias em Mundo


"Os pescadores não terão mais nenhum obstáculo para desembarcar todas as suas presas, dado que já não estarão submetidos a limites de tempo", explica o Parlamento em um comunicado.

A obrigação de desembarcar todos os peixes no porto e a proibição dos descartes são dois pontos-chave na Política Pesqueira Comum, destinados a limitar as capturas inúteis e tornar a pesca mais sustentável.

O plano de gestão a longo prazo busca reconstituir a população de bacalhau nas zonas em que este peixe está ameaçado pela pesca excessiva.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade