SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Em mensagem de Ação de Graças, Trump pede por união aos EUA

Trump reuniu a família nesta quinta-feira em sua residência em Palm Beach. Ele deve fazer uma pausa de dois dias após duas semanas desde a confirmação de sua vitória eleitoral

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/11/2016 12:43

MANDEL NGAN

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou uma gravação para celebrar o feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, em que pediu por unidade após uma campanha eleitoral "longa e que abriu feridas".

"Emoções são cruas e as tensões não se curam da noite para o dia", afirmou o republicano em um vídeo divulgado no início do dia. "Faço uma prece para que, neste feriado de Ação de Graças, possamos começar a curar nossas divisões e seguir em frente como um país fortalecido, com um propósito comum e uma grande determinação."

Trump reuniu a família nesta quinta-feira em sua residência em Palm Beach. Ele deve fazer uma pausa de dois dias após duas semanas desde a confirmação de sua vitória eleitoral.

Leia mais notícias em Mundo


Após a nomeação de Nikki Haley, atual governadora da Carolina do Norte, para servir como embaixadora dos EUA nos EUA, e da advogada Betsy DeVos para o Departamento de Educação, Trump pode anunciar nos próximos dias o bilionário Wilbur Ross Jr. Para o Departamento de Comércio. Ross, de 78 anos, é um investidor cuja empresa se especializou em comprar companhias falidas.

Com as indicações de ontem Trump tenta se distanciar do movimento supremacista branco "alt-right", que tem celebrado sua eleição. No entanto, uma de seus primeiras nomeações foi o do conselheiro-chefe Steve Bannon, que anteriormente dirigiu um dos sites mais populares entre simpatizantes do movimento. Fonte: Associated Press.

Por Agência Estado

 

 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade