SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Lula: Fidel Castro animou sonhos de liberdade

Em um comunicado emocionado divulgado em seu site, Lula afirmou que Fidel "foi sempre uma voz de luta e esperança"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2016 15:39 / atualizado em 26/11/2016 16:35

REUTERS/Ricardo Stuckert-PR/Handout
 
 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou a morte do líder cubano Fidel Castro neste sábado. Em comunicado, Lula comparou a morte de Fidel à perda de um irmão. 
 
 
Em um comunicado emocionado divulgado em seu site, Lula afirmou que Fidel "foi sempre uma voz de luta e esperança".

"Seu espírito combativo e solidário animou sonhos de liberdade, soberania e igualdade. Nos piores momentos, quando ditaduras dominavam as principais nações de nossa região, a bravura de Fidel Castro e o exemplo da revolução cubana inspiravam os que resistiam à tirania", diz Lula no comunicado.

"Sinto sua morte como a perda de um irmão mais velho, de um companheiro insubstituível, do qual jamais me esquecerei", acrescenta.

Dilma Rousseff também se pronunciou sobre a morte do líder da Revolução Cubana.

"A morte do comandante Fidel Castro, líder da revolução cubana e uma das mais influentes expressões políticas do século 20, é motivo de luto e dor. Fidel foi um dos mais importantes políticos contemporâneos e um visionário que acreditou na construção de uma sociedade fraterna e justa (...) Hasta siempre, Fidel!"
 
Por France-Presse 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade