SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Fidel marcou profundamente a política cubana, diz ministro Serra

O chanceler brasileiro diz que a trajetória do líder cubano "resume os dolorosos conflitos e contradições" do período e que nem sempre o "desenvolvimento e justiça social se conciliaram com o respeito aos direitos humanos e à democracia"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2016 21:05

AFP / MARTIN BERNETTI


O ministro de Relações Exteriores, José Serra, disse que Fidel Castro "marcou profundamente a política cubana e o cenário internacional". Em uma nota enviada à imprensa, o chanceler brasileiro diz que a trajetória do líder cubano "resume os dolorosos conflitos e contradições" do período e que nem sempre o "desenvolvimento e justiça social se conciliaram com o respeito aos direitos humanos e à democracia".

"Como dirigente máximo de seu país por cinco décadas, marcou profundamente a política cubana e o cenário internacional", cita a nota assinada por Serra. "Entra para a história como uma das lideranças políticas mais emblemáticas do século XX. Não é possível entender a história de nosso continente sem referência a Fidel, suas ideias e ações à frente da revolução cubana e do governo de seu país".

Apesar de destacar a importância histórica de Fidel, o comunicado nota que a trajetória do líder cubano nem sempre respeitou alguns valores. "Sua trajetória resume os dolorosos conflitos e contradições de um período histórico conturbado, no qual ideais de desenvolvimento e justiça social nem sempre se conciliaram, em nossa região, com o respeito aos direitos humanos e à democracia", diz Serra.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade