SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Meio milhão de habitantes da iraquiana Mossul sem água potável

Esta falta de água terá consequências catastróficas para as crianças, mulheres e famílias da cidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/11/2016 12:10

Quase meio milhão de habitantes de Mossul, a segunda cidade do Iraque em mãos do grupo Estado Islâmico (EI) e sitiada pelo exército iraquiana, padecem com a falta de água potável, que pode ter consequências catastróficas, alertou a ONU.

"Cerca de meio milhão de civis, que já têm dificuldades para se alimentar diariamente, padecem agora da privação de água potável", declarou à  AFP Lise Grande, coordenadora das operações humanitárias da ONU no Iraque.

Esta falta de água terá consequências catastróficas para as crianças, mulheres e famílias da cidade, onde ocorrem violentos combates entre o EI e as forças iraquianas, acrescentou.

 

Por Agência France Press

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade