Conselho de Segurança da ONU ameaça Coreia do Norte com novas sanções

O corpo executivo das Nações Unidas aprovou um projeto de resolução proposto pelos Estados Unidos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/04/2017 16:14

O Conselho de Segurança da ONU condenou firmemente nesta quinta-feira (20/4) o último teste de míssil da Coreia do Norte e ameaçou impor novas sanções contra Pyongyang por sua "conduta altamente desestabilizadora".

Em uma declaração adotada por unanimidade, o Conselho solicitou à Coreia do Norte que "não realize mais testes nucleares" e expressou que as "atividades ilegais com mísseis" de Pyongyang estão "aumentando enormemente a tensão na região e fora dela".
 

Ao mesmo tempo, ameaçou "tomar outras medidas significativas, incluindo sanções", para responder à crise surgida pelos lançamentos de mísseis norte-coreanos.

Em declarações anteriores, o Conselho já havia ameaçado tomar atitudes, mas desta vez o texto especificou a palavra "sanções", destacando um tom mais duro do Conselho.

O corpo executivo das Nações Unidas aprovou um projeto de resolução proposto pelos Estados Unidos, depois que a Rússia insistiu na necessidade de alcançar uma solução pacífica "por meio do diálogo" e a incluiu na versão final do texto.

A Rússia bloqueou a versão anterior da declaração, emitida depois que Pyongyang realizou um teste frustrado no domingo, quando a China, aliado da Coreia do Norte, apoiou o projeto.

O embaixador interino da Rússia, Petr Iliichev, negou ter bloqueado a declaração e disse que os Estados Unidos romperam "de modo abrupto" as conversas sobre uma postura consensual.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.