Casal italiano é o primeiro a escalar 14 montanhas com mais de 8.000 metros

Antes de Benet e Meroi, apenas 34 alpinistas conseguiram escalar as 14 maiores montanhas do planeta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/05/2017 11:15

Roma, Itália -Os alpinistas italianos Romano Benet e Nives Meroi alcançaram nesta quinta-feira o topo do Annapurna e se tornaram o primeiro casal a escalar as 14 montanhas com mais de 8.000 metros do planeta, informa a imprensa italiana.

Romano Benet e a esposa Nives Meroi, ambos de 55 anos, chegaram às 9H00 locais ao topo do Annapurna, no Nepal, que tem 8.091 metros, de acordo com o jornal Corriere della Sera.

A escalada aconteceu, como nos outros 13 cumes, sem a ajuda de oxigênio ou de um sherpa. O casal havia instalado cinco acampamentos sucessivos antes da ascensão final nesta quinta-feira, a partir de uma altitude de 7.200 metros.

"Foi a escalada mais dura, mas também a mais bonita", contou Nives Meroi a sua irmã Leila, citada pelo Corriere della Sera.

Para alcançar a façanha, o casal do norte da Itália seguiu a chamada "rota dos franceses", nome recebido pela nacionalidade da primeira expedição que chegou ao topo do Annapurna, em 1950.

O Annapurna é considerado, ao lado do K2 (8.611 m), o monte mais difícil e perigoso, à frente do Everest, a maior montanha do mundo.

Antes de Benet e Meroi, apenas 34 alpinistas conseguiram escalar as 14 maiores montanhas do planeta. O primeiro foi o italiano Reinhold Messner, que completou a série em 1986.


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.