Coreia do Norte acusa Estados Unidos de ameaça e intimidação

Os Estados Unidos ameaçaram impor sanções a terceiros países que mantenham acordos comerciais com a Coreia do Norte e que violem restrições impostas por resoluções da ONU

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/05/2017 20:11

A Coreia do Norte acusou nesta sexta-feira os Estados Unidos de usar ameaças e intimidação para obrigar  países das Nações Unidas a implementar sanções contra Pyongyang, descrevendo esta campanha como uma "loucura histérica". 
 
 
A missão norte-coreana na ONU exortou os estados-membros a "reconsiderar" a aplicação das sanções adotadas pelo Conselho de Segurança, questionando sua legalidade. 

A declaração foi realizada após uma série de reuniões celebradas pelo Comitê de Sanções da ONU com grupos regionais para alentar os países a reforçar a implementação de duas resoluções de sanções adotadas no ano passado. 

A Coreia do Norte acusou os Estados Unidos de recorrer a "todos os esquemas concebíveis" para alentar os países a aplicar sanções, "inclusive intimidando outros na implementação e ameaçando abertamente com fortes medidas que poderão enfrentar por parte dos EUA", assinala o comunicado.

Os Estados Unidos ameaçaram impor sanções a terceiros países que mantenham acordos comerciais com a Coreia do Norte e que violem restrições impostas por resoluções da ONU. 

O Comitê de Sanções, conduzido pela Itália, manteve reuniões com países de cada grupo regional na ONU para pressioná-los a apresentar informes sobre como estão implementando tais medidas. 

A missão de Pyongyang acusou o Comitê de alentar sanções contra negócios como restaurantes de proprietários norte-coreanos, argumentando que isto era "expandir a interpretação" das resoluções.  

Washington e o Comitê de Sanções da ONU estão "parecendo tontos diante da comunidade internacional por sua loucura histérica sobre as sanções", diz a nota de Pyongyang. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.