Guarda-costeira italiana resgata 480 imigrantes no mar Mediterrâneo

Os imigrantes estavam a bordo de botes infláveis; durante as operações, os corpos de sete homens foram recuperados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/05/2017 15:14

Um total de 484 imigrantes e refugiados foram resgatados no Mediterrâneo, além de sete corpos de pessoas que morreram durante uma travessia do norte da África rumo à Europa, indicou neste domingo a guarda-costeira italiana.
 
 
Os imigrantes, que estavam a bordo de botes infláveis, foram resgatados em quatro operações distintas pela guarda-costeira italiana, por um barco da marinha da Itália, outro de uma ONG alemã e um navio mercante.

Durante as operações, os corpos de sete homens foram recuperados.

Mais de 45.000 pessoas já foram resgatadas e levadas ao território italiano desde o início do ano, o que representa 44% a mais do que o registrado no mesmo período em 2016, de acordo com o ministério italiano do Interior.  

Aproximadamente 1.309 imigrantes já faleceram durante as travessias em 2017, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.