EUA dizem que Síria usa "crematório" para ocultar massacres

Stuart Jones, sub-secretário interino do Departamento de Estado para o Oriente Médio, apresentou a jornalistas imagens de satélites que aparentemente mostram a neve derretendo no teto dessas instalações

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/05/2017 13:19

Washington, Estados Unidos -O governo da Síria teria instalado um crematório no complexo penitenciário de Saidnaya, ao norte de Damasco, para destruir os corpos de milhares de prisioneiros executados nos últimos anos, denunciaram os Estados Unidos nesta segunda-feira.

Stuart Jones, sub-secretário interino do Departamento de Estado para o Oriente Médio, apresentou a jornalistas imagens de satélites que aparentemente mostram a neve derretendo no teto dessas instalações.

Ele acusou a Síria de cometer "assassinatos em massa" e pediu que o governo do presidente Bashar al-Assad acabe com "essas atrocidades".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.