Trabalhistas britânicos viram à esquerda com programa 'radical'

O programa incluirá um aumento dos impostos para os salários elevados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/05/2017 07:53

Após anos de posições centristas sob a influência da  "terceira via" de Tony Blair, os trabalhistas britânicos devem apresentar nesta terça-feira um programa eleitoral "radical e responsável", com propostas de nacionalizações e do fim da austeridade.

O líder trabalhista e candidato a primeiro-ministro Jeremy Corbin, justificou a necessidade de mudança para as eleições de 8 de junho porque o país foi dirigido "para os ricos, a elite e os interesses ocultos" nos sete anos de governo conservador.

"Mudará nosso país", deve afirmar Corbyn no discurso de apresentação do programa em Bradford, noroeste da Inglaterra, de acordo com trechos divulgados pelo partido.

O programa incluirá um aumento dos impostos para os salários elevados, compreendidos entre 80.000 libras (94.000 euros, 103.000 dólares) e 150.0000 libras por anos, de acordo com os jornais The Times e The Daily Telegraph.

Para os salários superiores a esta faixa, a taxa de impostos será a máxima, 50%.

Além disso, o partido também prometerá reestatizar o sistema ferroviário, os correios e as empresas de distribuição de água.

Os trabalhistas também devem propor um "imposto Robin Hood" às transações financeiras.

Os conservadores da primeira-ministra Theresa May registram uma vantagem de 20 pontos nas pesquisas de intenção de voto para as eleições legislativas.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.