Forças iraquianas recuperaram quase 90% da zona oeste de Mossul

A cidade é a segunda maior do Iraque

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/05/2017 09:42

As forças iraquianas anunciaram nesta terça-feira que retomaram do grupo extremista Estado Islâmico (EI) quase 90% da zona oeste de Mossul, a segunda maior cidade do Iraque. O EI ainda controla "10,5% da margem direita" do rio Tigre, que divide a cidade do norte do país em duas, indicou o general Yahya Rasul, porta-voz do comando das operações conjuntas das forças iraquianas, durante uma entrevista coletiva em Bagdá.


As tropas iraquianas, apoiadas por uma coalizão internacional antijihadista liderada por Washington, iniciaram em 17 de outubro uma ampla ofensiva para expulsar o EI de seu reduto de Mossul. No fim de janeiro, as forças do país assumiram o controle da zona leste da cidade e, em 19 de fevereiro, iniciaram o ataque contra a zona oeste, incluindo a área antiga, uma zona densamente povoada com ruas estreitas, que dificultam o avanço das tropas.

De acordo com Rasul, os extremistas mantêm o controle apenas sobre poucos bairros na área antiga. As organizações humanitárias calculam que quase 250.000 civis estão presos na zona oeste de Mossul. O EI, uma organização extremista sunita, conquistou amplas faixas de território no Iraque e na Síria em 2014, mas perdeu muito espaço desde então, em consequência da dupla ofensiva que enfrenta em dois países.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.