Putin e Macron falam de terrorismo e Ucrânia por telefone

O Kremlin informou em um comunicado que os dois governantes abordaram assuntos como a luta contra o terrorismo e a crise ucraniana

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/05/2017 12:21

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o novo governante francês, Emmanuel Macron, mantiveram nesta quinta-feira (18) sua primeira conversa telefônica desde que Macron ganhou as eleições na França em 7 de maio. A informação é da Agência EFE. O Kremlin informou em um comunicado que os dois governantes abordaram assuntos como a luta contra o terrorismo e a crise ucraniana.


"Também conversaram sobre a possibilidade de futuros encontros pessoais", acrescentou a presidência russa na nota. De acordo com o Kremlin, os dois presidentes concordaram em cooperar em assuntos regionais e internacionais, "entre eles a luta antiterrorista". Em particular, Putin e Macron enfatizaram a importância de continuar com o diálogo no formato "da Normandia" - Rússia, França, Alemanha e Ucrânia - para solucionar a crise ucraniana conforme o estipulado nos Acordos de Minsk.

O presidente da Rússia, acrescentou o Kremlin, parabenizou o chefe de Estado francês por sua posse e pela formação de seu governo, e ambos manifestaram sua disposição para desenvolver as "tradicionais relações de amizade" entre os dois países no âmbito político, econômico e cultural.

Para Moscou, a vitória eleitoral de Macron foi o pior dos resultados possíveis, já que, ao contrário dos outros candidatos, o novo chefe do Estado francês defende as posturas europeístas frente à Rússia, em particular no que se refere à crise ucraniana.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.