Rainha Elizabeth visita vítimas do atentado em Manchester

A monarca conheceu a equipe de um hospital e algumas das vítimas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/05/2017 21:25 / atualizado em 25/05/2017 22:10

A Rainha Elizabeth II, de 91 anos, visitou, na manhã desta quinta-feira (25/5), algumas das crianças que se machucaram no atentado terrorista ao show da cantora pop Ariana Grande, em Manchester, na última segunda-feira (22/5). 
 
 
A monarca, que descreveu o ataque como muito perverso, foi ao hospital parabenizar os funcionários pelo apoio dado às vítimas, e conversar com alguns dos feridos. 
 
Peter Byrne / POOL / AFP
 
 
Ao conversar com Millie Robson, de 15 anos, que estava com a perna machucada e usava uma blusa com o rosto de Ariana Grande, a Rainha perguntou se a garota tinha se divertido no show antes do ataque. A menina e sua amiga, Laura Anderson, ganharam uma competição e conheceram a cantora antes do show.
 
Peter Byrne / POOL / AFP
 
 
Já ao falar com Evie Mills, 14 anos, que ganhou os ingressos para o show de aniversário, Elizabeth falou que o atentado foi terrível e que o terrorista foi perverso ao escolher esse tipo de alvo.
 
Peter Byrne / POOL / AFP
 
 
Amy Barlow, 12 anos, também recebeu a visita da Rainha, que desejou que a menina se curasse logo. Sua mâe, que estava ao lado, comentou que não deixou a menina desde que aconteceu o ataque.

Antes de visitar as garotas, ao conversar com os funcionários, Elizabeth comentou que a pior parte do atentado é que os alvos foram crianças. 

O hospital que a Rainha visitou recebeu 14 crianças feridas pelo atentado; as outras 75 estão em outros sete hospitais.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.