Ataque de suposto islamofóbico deixa dois mortos em trem dos EUA

Um dos homens foi declarado morto no próprio local do crime, enquanto o outro faleceu a caminho do hospital.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/05/2017 18:03

A Polícia americana buscava neste sábado testemunhas da morte de dois homens que foram apunhalados em um trem no subúrbio de Portland, em Oregon, quando tentaram ajudar duas mulheres acusadas de parecerem muçulmanas.
 

As mulheres, uma das quais usava um hijab (véu), "foram embora antes de a polícia chegar", mas podem fornecer a evidência-chave deste duplo homicídio cometido na sexta-feira, e que chocou esta cidade do noroeste dos Estados Unidos, disse o porta-voz da polícia de Portland, Pete Simpson, em coletiva.

A polícia identificou neste sábado o suspeito pelo crime como Jeremy Joseph Christian, de 35 anos, um conhecido supremacista branco, de acordo com os meios locais.

Depois de ter fugido do local, Christian foi preso na sexta-feira à noite e permanece detido sem direito à fiança.

"Este suspeito estava no trem e gritava, falava, vociferava um monte de coisas diferentes, incluindo algumas que caracterizamos como discurso de ódio", disse Simpson.

"As pessoas se aproximaram, tentaram intervir por seu comportamento [...] e o sujeito atacou impiedosamente, deixando dois mortos e um ferido", indicou.

Um dos homens foi declarado morto no próprio local do crime, enquanto o outro faleceu a caminho do hospital. Um terceiro indivíduo ficou ferido, mas não corre risco de morte.

"Não ficou claro se o suspeito tinha problemas mentais ou se estava sob a influência de álcool e drogas", disse a Polícia.

O ataque ocorreu horas antes do início do Ramadã, o mês sagrado para os muçulmanos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.