Tiger Woods dormiu ao volante, porém não há provas de consumo de álcool

Número um do golfe foi preso após ser encontrado dormindo no volante do seu carro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/05/2017 18:45

O jogador de golfe Tiger Woods foi encontrado dormindo no volante de seu carro antes de ser detido por dirigir sob efeito de álcool, como mostraram registros policiais divulgados nesta terça-feira (30/5).


O ícone do golfe, que na segunda-feira (29/5) deu uma declaração ao jornal USA Today negando ter dirigido bêbado, além de justificar seu estado por uma má reação a medicamentos, teve que ser acordado por um policial. 

O comunicado policial, obtido e publicado pela imprensa, apontou que Woods foi "cooperativo" embora "confuso". "Woods falou de forma extremamente lenta e confusa", ressaltou o informe. 

Em um primeiro momento, Woods disse aos policiais que estava vindo de Los Angeles em direção à Flórida, porém um pouco mais tarde declarou "não saber onde estava". 

O golfista não conseguiu completar vários testes de sobriedade, que incluíam, por exemplo, manter-se em pé sobre uma perna, e a de "caminhar e girar". 

Contrariando as notícias divulgadas na segunda-feira, que afirmavam que Woods recusou-se a fazer o teste do bafômetro, ele aceitou, e o exame indicou que não existia álcool em seu corpo. 

Ele também contou à polícia que tomou quatro medicamentos receitados, incluindo o potente analgésico Vicodin, que é prescrito normalmente após cirurgias. 

Tiger Woods já realizou quatro cirurgias nas costas desde 2014, tendo a última ocorrido no final do mês de abril. 

Tags: Tiger Woods
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.