EUA continuarão reduzindo suas emissões, diz secretário de Estado

O país foi muito criticado por toda a comunidade internacional pela decisão de sair do acordo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/06/2017 12:51 / atualizado em 02/06/2017 13:13

Washington, Estados Unidos - O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, assegurou nesta sexta-feira que os Estados Unidos vão manter seus esforços unilaterais para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, apesar da retirada do Acordo de Paris sobre as mudanças climáticas.
 

Ao receber o chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, no Departamento de Estado, Tillerson disse que os Estados Unidos tinham "antecedentes espetaculares" em matéria de redução de emissões que impulsam o aquecimento global.

Por esse motivo, em uma aparente referência à onda de preocupação em nível global pela saída de Washington do Acordo de Paris, Tillerson pediu que a comunidade internacional "mantenha a perspectiva".

"Acredito que é importante que todos reconheçam que os Estados Unidos têm antecedentes espetaculares em matéria de redução de emissões. É algo de que podemos estar orgulhosos, por tudo o que fizemos sem o Acordo de Paris", expressou.

Por isso, "não penso que vamos mudar nossos esforços para reduzir essas emissões no futuro, e assim espero que todos possam manter a perspectiva", apontou.

O anúncio da saída americana do Acordo de Paris sobre o clima na quinta-feira provocou uma onda de críticas de quase toda a comunidade internacional.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.