Publicidade

Estado de Minas

Reaja com Orgulho: Facebook lança campanha em apoio à causa LGBT

Comemorando o mês temático, rede social adiciona novas formas de interação entre usuários, como arco-íris e filtros


postado em 06/06/2017 19:34 / atualizado em 06/06/2017 23:43

A maior rede social do mundo, Facebook, lançou durante o mês de junho uma série de interações que os usuários poderão usar para apoiar a causa LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros). 
 
 
Dentre as novidades já disponpiveis nos EUA — e que devem chegar ao Brasil em poucos dias —, a principal é a reação em forma de arco-íris, que estará ao lado das outras interações, como "amei", "curti" e "uau". Algo similar à flor lilás que expressava "gratidão", que virou febre no Brasil no Dia das Mães.
 
Nova reação de Orgulho(foto: Divulgação/ Facebook)
Nova reação de Orgulho (foto: Divulgação/ Facebook)
 

Um blog da rede social divulgou que os usuários também poderão interagir de outras formas. Como colocar um arco-íris na foto de perfíl e utilizar filtros coloridos com o tema Pride (orgulho, na tradução do inglês) na câmera do Facebook e também do Instagram.     
 
Foto de perfil com filtro do Orgulho (foto: Divulgação/ Facebook)
Foto de perfil com filtro do Orgulho (foto: Divulgação/ Facebook)
 
Filtros do Orgulho no Instagram(foto: Divulgação/ Facebook)
Filtros do Orgulho no Instagram (foto: Divulgação/ Facebook)
 
 
Segundo uma postagem de Alex Schultz, diretor de marketing e crescimento do Facebook, as mudanças fazem parte da política social da empresa, que apoia a comunidade LGBT e celebra o alto número de pessoas — cerca de 1,5 milhão —, interessadas em participar de pelo menos um dos 7.500 eventos de orgulho LGBT da rede social.

Não é a primeira vez que a rede social apoia a causa LGBT. Em 2015, após a decisão da Suprema Corte norte-americana que legalizou o casamento homoafetivo em todo território americano, o Facebook lançou um filtro de arco-íris para comemorar.
     
*Estagiário sob supervisão de Anderson Costolli 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade