Atentado em ponto turístico do Mali deixa dois mortos

O ministro de Segurança afirmou que foi um ataque jihadista e até o momento há dois mortos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/06/2017 15:46 / atualizado em 18/06/2017 16:58

Um ataque extremista em um ponto turísticos nos arredores da capital do Mali deixou dois mortos neste domingo (18/6), disse o ministro de Segurança, Salif Traoré à AFP.


"Foi um ataque jihadista. As forças especiais do Mali intervieram e vinte reféns foram liberados. Lamentavelmente, há até o momento dois mortos, entre eles uma (mulher com dupla nacionalidade) franco-gabonesa", disse o ministro.


A Força Especial antiterrorista Forsat foi criada no ano passado em um contexto de crescente atividade de grupos extremistas.

Segundo testemunhas, os agressores entraram no acampamento gritando "Allah akbar" (Allah é grande).

O Mali se encontra sob estado de emergência há um ano e meio. O último ataque extremista contra estrangeiros foi em março de 2016 e teve como alvo um hotel no qual se encontra a missão europeia encarregada de treinar as forças militares locais.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.