Milionário russo Agalarov chama de "invenções" e-mails de Trump Jr.

De acordo com os e-mails, Agalarov estaba disposto a fazer revelações comprometedoras a Trump Jr. sobre Clinton, então rival de Donald Trump na eleição presidencial

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/07/2017 08:26

Chip Somodevilla/Getty Images/AFP - 12/7/2017


O milionário russo Aras Agalarov chamou nesta quarta-feira (12/7) de "invenções" a afirmação de que teria informações comprometedoras sobre Hillary Clinton, como se entende dos e-mails publicados por Donald Trump Jr., filho mais velho de Donald Trump.

"São invenções. Não sei quem inventou e o que Hillary tem a ver com isto", afirmou em uma entrevista à rádio russa Business FM.

De acordo com os e-mails, Agalarov estaba disposto a fazer revelações comprometedoras a Trump Jr. sobre Clinton, então rival de Donald Trump na eleição presidencial. O milionário russo é um dos protagonistas de um novo escândalo sobre as supostas relações com a Rússia da equipe de campanha de Donald Trump.


O filho mais velho do presidente americano afirma que, em maio de 2016, recebeu e-mails de Rob Goldstone, um editor britânico, ex-jornalista de um tabloide, empresário de artistas e amigo da família. Na mensagem, Goldstone dizia que o pai do cantor russo Emin Agalarov, que ele representava, tinha informações comprometedoras sobre Hillary Clinton.

Aras Agalarov afirmou que a informação não é correta. "Apenas conheço (Rob Goldstone). Trabalhou como empresário de Emin durante um tempo, quando o promovia nos Estados Unidos ou algo assim", disse o milionário russo.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.