Berlim confirma morte de duas alemãs apunhaladas no Egito

O atacante acessou a praia privada do hotel onde ocorreram os fatos, nadando a partir de uma praia pública próxima, segundo fontes oficiais egípcias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/07/2017 14:40

O Ministério das Relações Exteriores da Alemanha confirmou neste sábado (15/7) a morte de duas alemãs no Egito que foram apunhaladas nesta sexta-feira(14/7) no balneário de Hurgada, na costa do Mar Vermelho, em um ataque aparentemente ocorrido contra turistas estrangeiros. Outras duas alemãs ficaram feridas, completou o ministério. 

O atacante acessou a praia privada do hotel onde ocorreram os fatos, nadando a partir de uma praia pública próxima, segundo fontes oficiais egípcias.

"Condenamos da maneira mais drástica este ataque covarde e vil, aparentemente dirigido contra turistas que queriam aproveitar alguns dias tranquilos à beira-mar", disse um porta-voz do ministério alemão.

"Expressamos as nossas condolências aos familiares das vítimas e esperamos que as duas pessoas feridas se recuperem prontamente", acrescentou.

As duas mulheres mortas, segundo um amigo citado pelo jornal "Frankfurter Allgemeine" na sua edição digital, moravam no balneário.


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.