EUA pedem ao Irã libertação imediata de americanos detidos

Estados Unidos pediram ao Irã que liberte imediatamente cidadãos americanos "detidos injustamente" pela república islâmica

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/07/2017 13:20

Os Estados Unidos pediram ao Irã que liberte imediatamente cidadãos americanos "detidos injustamente" pela república islâmica, informou neste domingo (16/7) um funcionário do Departamento de Estado, depois que um americano acusado de "infiltração" foi condenado a 10 anos de prisão pela Justiça iraniana.

"O regime iraniano mantém a detenção de cidadãos americanos e de outras nacionalidades com base em acusações inventadas em matéria de segurança nacional", criticou o funcionário, em um contexto de relações tensas entre Washington e Teerã após a chegada ao poder do presidente Donald Trump.
 

"Pedimos a libertação imediata de todos os americanos detidos injustamente no Irã, para que possam retornar com suas famílias", disse a autoridade, sem se referir especificamente a ninguém.

A Justiça iraniana anunciou hoje a condenação a 10 anos de prisão de um americano acusado de "infiltração" naquele país, sem divulgar sua identidade.

"O indivíduo era dirigido diretamente pelos Estados Unidos" em sua missão, afirmou o porta-voz da Justiça iraniana, Gholamhossein Mohseni-Ejeie, acrescentando que o acusado recorreu da sentença.

Washington e Teerã não mantêm relações diplomáticas desde 1980, após a Revolução Islâmica, e, após um período de aproximação tímida durante o segundo mandato de Barack Obama, a tensão voltou a crescer.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.