Sete policiais ficam feridos em explosão de artefato em Caracas

Um artefato explosivo foi detonado em meio ao confronto entre militares e manifestantes opositores ao leste de Caracas, neste domingo (30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/07/2017 19:22 / atualizado em 30/07/2017 20:15

Um artefato explosivo foi detonado em meio ao confronto entre militares e manifestantes opositores ao leste de Caracas, neste domingo (30/7), deixando pelo menos sete oficiais feridos - informou a Procuradoria venezuelana.

A explosão aconteceu em uma avenida do bairro de Altamira, onde dezenas de opositores protestavam contra a eleição da Assembleia Constituinte, convocada pelo presidente Nicolás Maduro.

Os atingidos são policiais, não militares, esclareceu o Ministério Público, acrescentando que os agentes foram levados para hospitais.

"Ficaram feridos sete PNB (Polícia Nacional Bolivariana), e quatro motocicletas foram incineradas", detalhou o MP em sua conta no Twitter.

Enquanto dois policiais tentavam apagar o fogo em seu uniforme e suas motocicletas estavam em chamas pela explosão, alguns agentes lançaram motos de civis nas chamas.

Em meio à eleição da Assembleia Constituinte, neste domingo, a oposição tomou as ruas com protestos em Caracas e em várias cidades do país. As manifestações estão sendo dispersadas com gás lacrimogêneo e tiros de balas de borracha pela Polícia.

De acordo com o MP, a violência ocorrida neste fim de semana na Venezuela deixou pelo menos dez mortos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.