Maduro rejeita sanção dos EUA e diz que não obedece "ordens imperialistas"

"Eu não obedeço ordens imperialistas, eu não obedeço governos estrangeiros, sou um presidente livre", afirmou Maduro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/07/2017 20:57

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, rejeitou a sanção imposta pelos Estados Unidos após a votação de sua Assembleia Constituinte e disse que não recebe "ordens imperialistas".
 
 
"Eu não obedeço ordens imperialistas, eu não obedeço governos estrangeiros, sou um presidente livre", afirmou Maduro em reação ao congelamento de seus eventuais bens nos Estados Unidos anunciado pelo Tesouro do país.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.