Pequim defende exploração de gás no Mar da China Oriental

Chineses e japoneses disputam ilhas no Mar da China Oriental controladas pelos japoneses - que as chamam de Senkaku -, mas reivindicadas pelos chineses com o nome de Diaoyu

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/08/2017 08:54

Pequim, China - O governo chinês defendeu nesta quarta-feira (2/8) a exploração de gás natural em jazidas do Mar da China Oriental após um protesto do Japão, que reivindica a soberania sobre as águas ricas em hidrocarbonetos.

"As operações chinesas nas jazidas gás e petróleo no Mar da China Oriental estão, sem discussão possível, nas zonas marítimas sob soberania chinesa", afirmou à AFP o ministério chinês das Relações Exteriores. "O suposto problema de uma 'exploração unilateral' da China não existe", completou o ministério.

Chineses e japoneses disputam ilhas no Mar da China Oriental controladas pelos japoneses - que as chamam de Senkaku -, mas reivindicadas pelos chineses com o nome de Diaoyu.

Em 2008, Pequim e Tóquio concordaram em cooperar na exploração das jazidas de petróleo e gás, mas as negociações foram suspensas dois anos depois. Na terça-feira, o governo japonês lamentou "o posicionamento de navios de perfuração" chineses perto da área que separa as Zonas Econômicas Exclusivas (ZEE) dos dois países.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.