Mercosul debaterá neste sábado suspensão da Venezuela

A Venezuela está suspensa do Mercosul desde dezembro por descumprir obrigações comerciais com as quais se comprometeu quando se incorporou, em 2012

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/08/2017 19:23

Os chanceleres do Mercosul se reunirão no próximo sábado (2/8) para decidir sobre a suspensão política da Venezuela do bloco "pela ruptura da ordem democrática" no país, anunciou nesta quarta-feira o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga.
 
 
"A convocação foi feita pela presidência pro tempore do bloco, nas mãos do Brasil", disse Loizaga a jornalistas em Assunção, esclarecendo que "não está definido" se a reunião acontece em São Paulo ou em Brasília.

Ao ser consultado sobre se o país será suspenso ou expulso, contestou que é uma suspensão "de ordem política". "Administrativamente, (a Venezuela) está suspensa quanto aos seus direitos", acrescentou.

A Venezuela está suspensa do Mercosul desde dezembro por descumprir obrigações comerciais com as quais se comprometeu quando se incorporou, em 2012. Em abril, o bloco ratificou a medida e iniciou um processo de consultas com Caracas ao considerar que a ordem democrática foi rompida.

Loizaga argumenta que se trata de "uma aplicação política muito forte", considerando que "o Mercosul nasce em 1990 depois que os países da região recuperaram a democracia", que, segundo ele, faz parte "do DNA" do bloco comercial.

Segundo Loizaga, a duração de uma eventual suspensão política dependerá do tempo que a Venezuela demonstrará "que foi restituída a ordem democrática e o estado de direito".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.