Rússia anuncia trégua em província síria após acordo com os rebeldes

A oposição conquistou estas cidades em 2012. Esta é a terceira zona de "distensão", após a do sudoeste da Síria e a da Ghuta Oriental, perto de Damasco

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/08/2017 08:35

Moscou, Rússia - Uma trégua na província de Homs, centro da Síria, entrará em vigor nesta quinta-feira (3/8) às 9h00 GMT (6h00 de Brasília), após um acordo entre o exército russo e os rebeldes sírios para criar uma terceira zona de distensão na Síria.

O acordo, negociado no fim de julho no Cairo, estipula que "os grupos da oposição moderada e as forças governamentais devem deter os disparos completamente na terceira zona de distensão", situada ao norte da cidade de Homs, afirmou o porta-voz do ministério russo da Defesa, o general Igor Konachenkov.

A zona inclui 84 localidades com uma população de mais de 147.000 habitantes, segundo a mesma fonte. Entre elas figuram Ratsanm, Talbiesseh e Al-Hula, algumas das primeiras a participar na rebelião contra o governo de Bashar al-Assad em 2011, indicou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A oposição conquistou estas cidades em 2012. Esta é a terceira zona de "distensão", após a do sudoeste da Síria e a da Ghuta Oriental, perto de Damasco.

Uma quarta zona deve ser criada na região de Idlib (noroeste), como estipula o acordo concluído no início de julho em Astana, capital do Cazaquistão, entre Rússia, Irã e Turquia. A Rússia vai instalar dois postos de controle e três postos de vigilância da polícia militar para supervisionar o cessar-fogo.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.