Vice-presidente dos EUA nega que concorrerá à presidência em 2020

No comunicado, o vice-presidente sinalizou que sua equipe "concentrará todos os esforços no avanço da agenda do presidente [Trump] e espera vê-lo se reelegendo em 2020"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/08/2017 08:39

  Savo Prevelic/ AFP - 02/08/2017
O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, negou que estaria começando a preparar terreno para sua possível candidatura presidencial em 2020, caso o atual presidente, Donald Trump, não busque a reeleição pelo lado republicano. A afirmação tenta desmentir o jornal "The New York Times", que publicou uma investigação sobre o caso neste domingo.

Em comunicado divulgado pela Casa Branca, Pence disse que a reportagem "é vergonhosa e ofensiva para mim, para minha família e toda a nossa equipe". Ainda segundo o político, "as afirmações neste artigo são categoricamente falsas".

A matéria detalhou as ações de diversos republicanos com vistas na próxima eleição presidencial, em novembro de 2020. O jornal descreveu a operação como "uma campanha nas sombras" e destaca o programa político e as ativas arrecadações de fundos de Pence que, segundo assessores que não se identificaram, adotou uma postura condizente com quem concorrerá ao cargo, caso Trump não possa ou queira um novo termo como mandatário.


Trump não dá sinais de que deixará de concorrer como candidato republicano em 2020. A atitude do presidente contrasta com seu primeiro semestre na Casa Branca, dominado por crises e turbulências internas e externas, controvérsias legislativas e investigações contra ele e sua família.

O fato de Mike Pence ter comentado oficialmente a respeito de uma matéria sobre si é um caso incomum. No comunicado, o vice-presidente sinalizou que sua equipe "concentrará todos os esforços no avanço da agenda do presidente [Trump] e espera vê-lo se reelegendo em 2020". A assessora da Casa Branca, Kellyanne Conway, também saiu em defesa dos políticos. "O vice-presidente Pence é muito leal e responsável, mas também é incrivelmente efetivo e ativo com Trump", afirmou em entrevista ao canal de TV ABC.  

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.