Coreia do Norte teria capacidade de colocar bomba nuclear em seus mísseis

Esta capacidade marcaria um importante passo adiante da Coreia do Norte, que se converteria assim em uma potência nuclear

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/08/2017 14:37

STR / KCNA VIS KNS / AFP

 
A Coreia do Norte conseguiu miniaturizar o suficiente uma bomba nuclear para colocá-la em um de seus mísseis intercontinentais, e acordo com as conclusões de especialistas de inteligência dos Estados Unidos reveladas nesta terça-feira (8/8) pelo jornal The Washington Post.
 
 
Esta capacidade marcaria um importante passo adiante da Coreia do Norte, que se converteria assim em uma potência nuclear, segundo o jornal, que se inteirou de que a Agência de Inteligência e Defesa (DIA) completou o relatório no mês passado.

O regime de Pyongyang testou vários dispositivos atômicos e lançou com sucesso dois mísseis balísticos intercontinentais, capazes de alcançar os Estados Unidos, mas ainda estava em dúvida de sua capacidade de colocar uma bomba atômica em seus lançadores.

A comunidade internacional estava em grande parte convicta de que, apesar de terem passado dez anos desde o primeiro teste nuclear de Pyongyang, em outubro de 2006, a Coreia do Norte ainda precisava de alguns anos para poder dominar a miniaturização de armas nucleares.

No entanto, "a comunidade de inteligência acredita que a Coreia do norte produziu armas nucleares que podem ser inseridas nos mísseis balísticos intercontinentais", segundo um trecho do relatório citado pelo jornal.

Segundo o Washington Post, o ministério da Defesa do Japão chegou às mesmas conclusões.

Outro relatório oficial americano aponta que Pyongyang tem  cerca de 60 bombas nucleares, de acordo com o jornal, que enfatiza que vários especialistas consideram que este é um número muito elevado.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.