Presidente catalão: a UE não pode mais continuar olhando para o outro lado

"Somos cidadãos europeus que sofremos a a violação de direitos e liberdades", disse em apresentação solene

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/10/2017 18:33

 AFP / LLUIS GENE


O presidente regional da Catalunha, o separatista Carles Puigdemont, avisou à União Europeia que "não pode mais continuar olhando para o outro lado" após as operações policiais contra cidadãos que tentavam votar no referendo de autodeterminação proibido pelo governo central de Madri.




A situação na Catalunha "é um assunto de interesse europeu". "Somos cidadãos europeus que sofremos a a violação de direitos e liberdades", disse em apresentação solene, reivindicando a Bruxelas que "aja com rapidez para manter a autoridade moral dentro e fora do continente".


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.