Tiroteio em Las Vegas: Trump faz minuto de silêncio na Casa Branca

O ataque deixou pelo menos 58 mortos e mais de 500 feridos, e já é considerado o mais violento dos Estados Unidos em décadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/10/2017 16:39

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez nesta segunda-feira (2/10) um minuto de silêncio no jardim da Casa Branca, em homenagem às vítimas do tiroteio da noite de domingo em Las Vegas.



O ataque deixou pelo menos 58 mortos e mais de 500 feridos, e já é considerado o mais violento dos Estados Unidos em décadas.

Na breve cerimônia, Trump foi acompanhado por sua esposa, Melania, e pelo vice-presidente Mike Pence e sua esposa Karen.

Eles se uniram a um grande grupo de funcionários da presidência no jardim da Casa Branca para a homenagem.

De manhã, Trump leu na Casa Branca uma mensagem ao país, onde classificou o tiroteio como "um ato de pura maldade".

Em seu discurso, Trump pediu um fortalecimento dos laços que unem "nossa fé, nossas famílias e nossos valores".

"Sei que estamos buscando algum tipo de significado no caos, algum tipo de luz na escuridão. As respostas não são vistas facilmente", acrescentou.

 

 Logo depois, a Casa Branca emitiu uma ordem presidencial para que as bandeiras do país sejam erguidas a meio pau na sede presidencial e escritórios públicos até 6 de outubro, em homenagem às vítimas do tiroteio.

 

Leia mais notícias em Mundo

 

Na coletiva de imprensa diária, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee, disse que este não é o momento oportuno para um debate sobre o controle de armas.

"Há um momento e um lugar para o debate político, mas agora é o momento de nos unir como país", disse, antes de acrescentar que há uma investigação em curso e que "seria prematuro discutir política quando não se sabe de todos os fatos".

Tags: vegas las trump
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.