Espanha exige que Catalunha esclareça se independência foi declarada

O governo espanhol rechaça qualquer negociação e diz que o plebiscito pela secessão do dia 1º foi ilegal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/10/2017 08:27

Lluis Gene / AFP PHOTO
O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, exigiu formalmente nesta quarta-feira (11/10) que o líder da Catalunha, Carles Puigdemont, esclareça se a independência da região foi declarada Rajoy disse que isso é necessário antes de que seu governo decida quais passos adotar.

Em uma ameaça velada, Rajoy disse que o esclarecimento era necessário pelo artigo da Constituição que permitiria que o governo central da Espanha interviesse para assumir parcial ou integralmente os poderes regionais na Catalunha.

Leia mais notícias em Mundo

Rajoy emitiu a exigência na quarta-feira, após uma reunião especial do gabinete para responder ao discurso de ontem do líder regional catalão. Puigdemont disse que estava avançando com o processo de independência, mas que suspenderia seus efeitos durante várias semanas para facilitar as negociações com Madri. O governo espanhol rechaça qualquer negociação e diz que o plebiscito pela secessão do dia 1º foi ilegal, além de lembrar que o Judiciário espanhol já havia declarado que essa votação regional não tinha valor legal. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.