Trump anuncia que não certificará acordo nuclear com o Irã

"Anuncio que não podemos, nem faremos esta certificação", declarou o presidente em um pronunciamento que gerou muitas expectativas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/10/2017 15:42

SAUL LOEB

 

O presidente americano, Donald Trump, anunciou, nesta sexta-feira (13/10), que não certificará o acordo internacional nuclear com o Irã, assinado em 2015, que considera "um dos piores" da história dos Estados Unidos, e advertiu que pode abandoná-lo a qualquer momento.



"Anuncio que não podemos, nem faremos esta certificação", declarou o presidente em um pronunciamento que gerou muitas expectativas.

"Não seguiremos por um caminho cujo final previsível é mais violência e terror e a verdadeira ameaça de um Irã nuclear", apontou.

Trump denunciou, ainda, o comportamento da "ditadura iraniana" no Oriente Médio e afirmou que Teerã é "o principal patrocinador do terrorismo no mundo".

O presidente também adiantou "duras sanções" contra os Guardiões da Revolução, o Exército de elite iraniano.

 

Leia mais notícias em Mundo

 

Ainda que não abandone o acordo, a mudança estratégica de Trump pode abrir um período de incertezas ao não apoiar a posição da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), que até agora confirmou que Teerã está cumprindo seus compromissos.

O pacto - que também foi assinado pela França, Reino Unido, Alemanha, Rússia e China - tem o objetivo de garantir o caráter exclusivamente civil do programa nuclear iraniano.

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.