EUA quer Arábia Saudita e Iraque unidos para frear o Irã

O secretário de Estado dos Estados Unidos, rei da Arábia Saudita e o primeiro-ministro do Iraque discutiram medidas contra o Irã

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/10/2017 11:10

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, promoveu neste domingo (22/10) o objetivo da administração do presidente Donald Trump de unir a Arábia Saudita e o Iraque em uma causa comum para combater a crescente assertividade do Irã no Oriente Médio. 

Tillerson participou da reunião inaugural Comitê de Coordenação da Arábia Saudita-Iraque, juntamente com o rei saudita Salman e o primeiro-ministro iraquiano Haider al-Abadi.

 
Ele disse aos líderes que o evento mostrou a melhora do relacionamento entre os riveis longa data e revelou "o grande potencial" para cooperação futura. Ele destacou a reabertura em agosto de um importante cruzamento de fronteira e a retomada dos voos diretos entre Riade e Bagdá.

"Ambos representam o início do que esperamos que seja uma série de ações tangíveis para melhorar as relações e fortalecer a cooperação para combater uma série de problemas", disse ele. "O relacionamento crescente entre o reino e o Iraque é vital para reforçar a nossa segurança e prosperidade coletiva."

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.