Polícia busca possível assassino em série na Flórida

Os três assassinatos, ocorridos entre os dias 9 e 19 de outubro, aconteceram em um raio de 1,5 quilômetro em Seminole Heights, uma região histórica no norte de Tampa, a leste da Flórida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/10/2017 16:33

Policiais da Flórida procuram um possível assassino em série que matou três pessoas em circunstâncias similares nas últimas duas semanas e pedem aos moradores que evitem caminhar sozinhos à noite, confirmou um porta-voz nesta terça-feira (24/10).



Os três assassinatos, ocorridos entre os dias 9 e 19 de outubro, aconteceram em um raio de 1,5 quilômetro em Seminole Heights, uma região histórica no norte de Tampa, a leste da Flórida.

"Acreditamos que os três assassinatos estejam relacionados", disse à AFP Stephen Hegarty, porta-voz do Departamento de Polícia de Tampa. "Ocorreram a meia milha [cerca de 800 metros] um do outro, não há um motivo claro e nenhum dos assassinatos foi um latrocínio".

Benjamin Mitchell, de 22 anos, morreu com um tiro em 9 de outubro quando esperava o ônibus em um ponto.

Quatro dias depois, Monica Hoffa, de 32 anos, foi encontrada morta com um tiro em um terreno baldio. Ela havia sido vista pela última vez na noite de 11 de outubro, quando ia para a casa de uma amiga.

Na quinta-feira passada (19/10), Anthony Naiboa, de 20 anos, caminhava quando foi morto com um tiro. Os três assassinatos ocorreram aproximadamente entre às 20h00 e 21h30 locais.

As autoridades pedem aos moradores que acendam as luzes das varandas durante a noite e entreguem vídeos de câmeras de segurança que mostrem atividades irregulares, enquanto mobilizam patrulhas pela cidade.

"Pedimos aos moradores que permaneçam vigilantes, estejam alertas em seu entorno e não caminhem sozinhos à noite", disse Hegarty. "Mas não estamos pedindo que se tranquem em casa. Esses assassinatos aconteceram quando não havia ninguém por perto".

O oficial acrescentou que a Polícia prefere não identificar o suspeito como um "assassino em série" porque este termo "evoca certos perfis como um homem solitário, branco (...) e isto pode não se aplicar aqui".

Na segunda-feira (23/10) à noite, cerca de 400 pessoas participaram de uma assembleia comunitária em uma escola em Seminole Heights, onde o chefe de Polícia e o prefeito de Tampa tentaram acalmar os ânimos dos moradores.

Mas o chefe de Polícia, Brian Dugan, disse que qualquer pessoa pode ser suspeita dos assassinatos.

 

Leia mais notícias em Mundo

 

"Há grandes chances de alguém neste local saber quem está cometendo" esses crimes, afirmou Dugan na assembleia.

"Me dói dizer isso, mas se estiver caminhando sozinho você pode ser o suspeito, ou uma vítima em potencial".

Com o tom mais elevado e de maneira direta, o prefeito de Tampa, Bob Buckhorn, exclamou: "iremos prender este filho da p...! Não permitiremos que o mal triunfe sobre o bem".

O chefe de Polícia assegurou que as ruas estarão fortemente vigiadas na noite do Halloween, em 31 de outubro, quando as crianças estarão fantasiadas pedindo doces de casa em casa.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.